Acervos bibliográficos e infestações

prevenção e tratamento para ataque de insetos

  • Jandira Helena Fernandes Flaeschen
Palavras-chave: Acervos bibliográficos. Insetos. Infestação. Tratamento para infestação. Atmosfera anóxia.

Resumo

Este artigo tem como objetivo fornecer aos leitores conhecimentos sobre os principais agentes de biodeterioração que ameaçam à preservação de acervos bibliográficos e documentais, as características dos ataques e como minimizar e evitar os danos. Serão apresentados os principais insetos que causam danos nos acervos e a compreensão da biologia dos insetos é importante, visto que, muitos funcionam como alarmes biológicos que indicam condições ambientais não adequadas. Além da compreensão da biologia dos insetos, é importante também conhecer os materiais constitutivos dos acervos bibliográficos e documentais, uma vez que a composição desses materiais (glicose e proteína) serve como alimentos para os insetos e variações de temperaturas e umidade favorecem a degradação. Serão apresentados também algumas alternativas de tratamento como o método de atmosfera modificada por anóxia com suas três variações: dinâmico, estático e dinâmico-estático; e o controle ou manejo integrado de pragas (CIP/MIP). Espera-se sensibilizar os profissionais que trabalham em acervos a buscar informações mais técnicas e colaborativas para implementar ações de preservação para tratar e evitar problemas relacionados às infestações de insetos.

Referências

ALMEIDA, Thaís Helena; BOJANOSKI, Silvana de Fátima. Tratamentos químicos aplicados à biodeterioração de acervos documentais na cidade do Rio de Janeiro. In: CONGRESSO DA ABRACOR, 13., 2009, Porto Alegre, Anais [...]. Rio de Janeiro: ABRACOR, 2009. p. 387-393.

BECK, Ingrid. Desinfestação do acervo da Biblioteca Barbosa Rodrigues, do Jardim Botânico do Rio de Janeiro. In: CONGRESSO DA ABRACOR, 13., 2009, Porto Alegre, Anais [...]. Rio de Janeiro: ABRACOR, 2009. p. 193-198.

BECK, Ingrid. Manual de diagnóstico de conservação para acervos arquivísticos e bibliográficos. Brasília: IBRAM, 2014.

CALLOL, Milagros Vaillant. Biodeterioração do patrimônio histórico documental: alternativas para sua erradicação e controle. Rio de Janeiro: Museu de Astronomia e Ciências Afins: Fundação Casa de Rui Barbosa, 2013.

CARRERA, Messias. Entomologia para você. São Paulo: Nobel, 1980.

FLAESCHEN, Jandira H. F. O método de atmosfera anóxia: tratamento atóxico para a desinfestação de acervos bibliográficos. 2009. Monografia (Especialização em Preservação de Acervos em Ciência e Tecnologia) – Museu de Astronomia e Ciências Afins, Rio de Janeiro, 2009. Disponível em: https://www.bn.gov.br/sites/default/files/documentos/producao/monografia/metodo-atmosfera-anoxia-tratamento-atoxico-desinfestacao//monografia_jandira_flaeschen.pdf. Acesso em: 3 de ago. 2020.

GUIMARÃES, Lygia. Preservação de acervos culturais. In: SILVA, Maria Celina Soares de Mello e. (org.). Segurança de acervos culturais. Rio de Janeiro: MAST, 2012. p. 73-108.

NOTTON, Davd G. Identifying insect pests in museums and heritage buildings. 2 ed. Londres: The Natural History Museum, 2018. p.7. Disponível em: https://www.researchgate.net/publication/325180755_Identifying_insect_pests_in_museums_and_heritage_buildings. Acesso em: 21 nov. 2020

OGDEN, Sherelyn. Controle integrado de pragas. In: OGDEN, Sherelyn; PRICE, Lois Olcott; VALENTIN, Nieves; PREUSSER, Frank. Emergência com pragas em arquivos e bibliotecas. 2 ed. Rio de Janeiro: Projeto de Conservação Preventiva em Bibliotecas e Arquivos: Arquivo Nacional, 2001.

SCHÄEFER, Stephan. Desinfestação com métodos alternativos, atóxicos e manejo integrado de pragas (MIP) em museus, arquivos e acervos & armazenamento de objetos em atmosfera modificada. Revista da Associação Paulista de Conservadores e Restauradores de Bens Culturais, São Paulo, n. 1, 2002. Disponível em https://stephan-schafer.com/pdfs/artigo_Anoxia_ABER.pdf. Acesso em: 20 nov. 2020.
Publicado
26-11-2020
Como Citar
FLAESCHEN, J. H. Acervos bibliográficos e infestações. REVISTA ELETRÔNICA DA ABDF, v. 4, n. Especial, p. 322-341, 26 nov. 2020.