Editorial

Escrito por

Eis que chega aos nossos queridos leitores e leitoras o terceiro número da REABDF. Já próximos do final do ano, gostaríamos de agradecê-los pela companhia em 2015 e já fazendo votos de que continuem conosco em 2016. Que sejamos maiores e melhores.

Nesta edição, escolhemos para matéria de capa falar sobre a FEBAB e as associações de bibliotecários brasileiras, desmistificando alguns aspectos acerca da atuação e função dessas entidades. A matéria de Patrícia Nunes e Iza Antunes ainda traz depoimentos de Adriana Ferrari, atual presidente da FEBAB.

Na coluna O Livreiro, o virtuoso Daniel Guilarducci segue abordando outras vinte habilidades necessárias aos bibliotecários de acordo com o livro The librarians skillbook: 51 essencial careeer skills for information professionals, dos autores Deborah Hunt e David Grossman. E para quem gosta de literatura e biblioteconomia, Daniel apresenta a obra “A biblioteca mágica de Bibbi Bokken”, do aclamado escritor norueguês, Jostein Gaarder, de “O mundo de Sofia”, em parceria com o escritor e teatrólogo, também norueguês, Klaus Hagerup.

O polemista Cristian Santos, em sua coluna Sagitta, faz refletir acerca da relação que as bibliotecas brasileiras estabelecem com a estética e o conforto propiciado aos usuários. O que teria Kant a dizer sobre as nossas bibliotecas?

Estreando neste número, temos a coluna “Vale a pena ler de novo”, que traz textos selecionados por Ricardo Crisafulli, presidente da ABDF, que merecem ser lidos novamente ou apresentados a quem não os conhece. Na estreia, um artigo de Roberto Lopes dos Santos Júnior acerca da obra da professora e pesquisadora Lena Vania.

Como em outubro passado, comemoramos o dia dos professores, senhores e senhoras da mais honrada das profissões, a personalidade escolhida para abrilhantar a nossa entrevista foi o bibliotecário e professor emérito da Universidade de Brasília, Antônio Lisboa de Miranda. O professor Miranda falou à entrevistadora Carolina Fraga sobre a sua rica trajetória no mundo da Ciência da Informação, seus hobbies e o trabalho como poeta.

A verve de referências ao mês de outubro também se estende às crianças com o belo depoimento de Yaciara Mendes, nossa colaboradora e bibliotecária escolar. A matéria colore a revista com dezenas de desenhos elaborados pelos pequenos sobre a visão que têm de bibliotecas.

Fernando Silva, em suas andanças pelo Rússia, nos apresenta o inusitado Museu Arcade, em Moscou, dedicado à exposição de fliperamas produzidos na União Soviética na década de 1970. Além de conhecer a antiga e pitoresca coleção de games russos, os visitantes podem dispor de cerca de 50 máquinas e aproveitar uma verdadeira viagem no tempo.

Aproveitando a onda gourmet naturalista de Bela Gil, a nossa editora Marília Augusta abre o livro de receitas e dá o passo-a-passo de uma deliciosa Minitorta de Palmito. A bibliotecária e quase chef promete convidar aqueles que comentarem a pagina da receita para experimentarem uma porção do quitute. Aguardemos!

Fechando a REABDF em grande estilo, temos mais uma vez a honra de publicarmos um conto do bibliotecário Fábio Farias. Em uma prosa deveras envolvente, Fábio narras encontros e desencontros motivados por um livro adquirido em um sebo.

Aproveitem a leitura, leiam, critiquem, compartilhem!!!!!!!!!!!!

 

Raphael Cavalcante

Sobre o autor: Raphael Cavalcante é bibliotecário da Câmara dos Deputados, Mestre em Ciência da Informação, editor da Revista Eletrônica da ABDF e acredita que a Biblioteconomia ajudará a mudar o mundo.